A musicalidade da paisagem

“Pelo som, o bairro mais modesto e mais banal poderia adquirir uma dimensão poética, o transeunte comum sairia de sua indiferença e revelaria-se um espectador curioso, um melômano exigente, um ouvinte ativo que tomaria consciência de que ele também é um ator de sua paisagem sonora.” Michel Risse

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s