Retrospectiva

Aqui trouxe o vídeo do Debate GPIT – Paisagem Sonora, Música e Território, que aconteceu no segundo semestre de 2013. Abaixo vocês encontram alguma bibliografia trazida nas falas.

Thaís Aragão:

AUGOYARD e TORGUE, Sonic experience: a guide to everyday sounds, 2011

JÄRVILUOMA; KYTÖ;TRUAX; UIMONEN & VIKMAN (org.), Acoustic Environment in Change, 2009

PAQUETTE, David. Describing the contemporary sound environment, 2004

Lucas Panitz:

BERQUE, A. Paisagem-Marca, Paisagem-Matriz: Elementos da Problemática para uma Geografia Cultural. In: CORREA, R. L.; ROSENDAHL, Z. Paisagem, Tempo e Cultura. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1998. p. 84-91

DARDEL, E. L’Homme et la terre. Paris: CTHS, 1990 [1952]

HAESBAERT, R. Dos múltiplos territórios à multiterritorialidade. In: HEIDRICH, A. L. et al (Orgs.). A emergência da multiterritorialidade: a ressignificação da relação do humano com o espaço. Porto Alegre, Canoas: Editora da UFRGS, Editora da ULBRA, 2008, p.19-36

HEIDRICH, A. L. Alguns pontos para refletir sobre território, sociedade e cultura (e, vínculos territoriais). Notas de Aulas. Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2009

NOGUÉ i FONT, Joan. El paisatge sonor de la Garrotxa. Revista de Girona, n.111, 1985

RAFFESTIN, C. Por uma geografia do poder. São Paulo: Ática, 1993

SACK, R. Human Territoriality: its theory and history. Cambridge: Cambridge University Press, 1986

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Edusp, 2009

TUAN, Yi-fu. Topofilia: Um Estudo da Percepção, Atitudes e Valores do Meio Ambiente. São Paulo: Difel, 1978. 288p

——–

Atualização em 15 de março de 2014

Rafael de Oliveira:

ATIENZA, Ricardo (2008). Identidad sonora urbana: tiempo, sonido y proyecto urbano. In: Les 4èmes Journées Européennes de la Recherche Architecturale et Urbaine EURAU’08: Paysage Culturel, 16-19 Janvier 2008, Madrid, Espagne.

ATKINSON, Rowland (2007). Ecology of sound: the sonic order of urban space. In: Urban Studies, vol. 44 (10): 1905-1917.

DREVER, John Levack (2002), Soundscape composition: the convergence of ethnographgy and acousmatic music. In: Organised Sound. Vol. 7 (1): 21-27.

HAHN, David (2002). Creating the soundscape for Zagreb Everywhere. In: Organised Sound. Vol. 7 (1): 57-63.

IGES, José (2000). Soundscapes: a historical approach. In: eContact!. Volume 3.4.

IOSAFAT, Dani (2009). On Sonification of Place: Psychosonography and Urban Portrait. In: Organised Sound. Vol. 14 (01).

KANG, Jian (2007). Urban Sound Environment. London: Taylor and Francis.

McCARTNEY, Andra (2002). Circumscribed journeys through soundscape composition. In: Organised Sound. Vol. 7 (1): 1-3.

PIJANOWSKI, Bryan C; Villanueva-Rivera, Luis J; Dumyahn, Sarah L; et al. (2011). Soundscape Ecology: the Science of Sound in the Landscape. In: BioScience. Vol. 61 (3): 203–216.

SCHAFER, Robert Murray [1975] (2001). A afinação do mundo. São Paulo: Editora Edusp.

TRUAX, Barry (1984). Acoustic Communication. New Jersey: Ablex Publishing.

TRUAX, Barry (2002). Genres and techniques of soundscape composition as developed at Simon Fraser University. In: Organised Sound. Vol. 7 (1): 5-14.

YOUNG, John (2007). Reflections on sound image design in electroacoustic music. In: Organised Sound, vol. 12 (01): 25-33.

WESTERKAMP, Hildegard (1995). The Soundscape Newsletter, No. 10: Fevereiro de 1995.

WESTERKAMP, Hildegard (2002). Linking Soundscape Composition and Acoustic Ecology. In: Organised Sound. Vol. 7 (01).

WRIGHTSON, Kendall (1999). An introduction to Acoustic Ecology. In: Journal of Electroacoustic Music. Vol.12 (march).

Anúncios

1 Comment

  1. Republicou isso em RECORRÊNCIAS ||: ==== | ==== :||e comentado:
    A convite de Thaís Aragão, participei do “Debate GPIT – Paisagem Sonora, Música e Território” que ocorreu no segundo semestre de 2013 no auditório da Faculdade de Arquitetura da UFRGS, Brasil.
    Nesta participação apresentei os conceitos básicos sobre o estudo de paisagens sonoras e também um pouco do meu próprio trabalho de doutoramento.
    A Thaís fez uma revisão muito importante, trazendo autores que poucas vezes são citados entre os pesquisadores que se dedicam a esta área.
    Por último, Lucas Panitz apresentou um ponto de vista ligado a territorialidade e a música que levou e boas conversas e questões.
    A discussão resultante deste encontro foi muito rica e pode ser conferida na íntegra neste vídeo, que também contém as apresentações de cada participante.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s