Esforços de engenharia

Chegou por aqui e-mail com um vídeo de uma “orquestra feita por engenheiros”, mostrando a performance de um superinstrumento automático que teria sido desenvolvido com componentes de máquinas agrícolas, em 13.029 horas de trabalho de pesquisadores do Robert M. Trammell Music Conservatory e da Sharon Wick School of Engeneering, na Universidade de Iowa, Estados Unidos.

Impressionante, mas não verdadeiro. As imagens são uma cópia de qualidade mais baixa (e também um pouco editadas na parte de luz e sombra, para causar mais efeito de “realidade”) de um trabalho original de computação gráfica realizado pela Animusic, uma empresa que sincroniza animação e música.

Bom, isso acabou me lembrando de compartilhar um vídeo muito interessante que vi nos últimos meses. De alguma forma tem a ver com um esforço – ou melhor, sutileza – de engenharia, além dos caras terem se ligado especialmente nos sons ambientais na hora da realização.

 

Anúncios

1 Comment

  1. Além da composição musical que integra o som ambiente, outros elementos fora da especificidade da área música são propostos. Uma coisa que me chama a atenção é a “instalação da obra” que, além de permitir “ouvir” e “ver” o lugar onde a ação acontece, me faz pensar sobre o aspecto estético formal como algo tão importante quanto o musical e o construtivo. Esse resultado compositivo (não sei se essa seria a expressão correta) não seria possível que sem a música, sem as artes plásticas, sem a engenharia…..

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s